COMIDAFITNESSLIFESTYLESAÚDE

Legumes que ajudam a emagrecer

Entre a grande lista de alimentos que ajudam na perda de peso, você deve ter alguns remédios mágicos que supostamente são realmente úteis para perder os quilos extras. Quando falamos sobre esses alimentos, os mais subestimados que vêm à mente devem ser os feijões e outras leguminosas.

Da família de plantas chamada Fabaceae, essas frutas e sementes são realmente nutritivas e saudáveis. Principalmente consumidos em muitas cozinhas e culturas por seu teor de fibras, os muitos feijões e legumes também são fontes ricas de proteínas. Portanto, eles contribuem para uma dieta diária rica em proteínas.

Como a maioria de nós sabe que as proteínas são de extrema importância para uma boa saúde. Seria um bônus adicional para mais proteína, pois as dietas ricas em proteínas contribuem para a perda de peso.

Leguminosas que ajudam a emagrecer

Legumes que ajudam a emagrecer

Conheça Leguminosas que ajudam a emagrecer que são:   grão de bico, feijão, feijão preto, soja, amendoim, lentilha e ervilha são conhecidos como leguminosas. Eles podem influenciar a perda de peso devido ao seu efeito na saciedade, bem como ao seu teor de proteínas e fibras.

Da mesma forma que a aveia, as leguminosas contêm fibras solúveis que podem retardar a digestão e a absorção. Comer proteína leva à liberação de hormônios que sinalizam plenitude.

Escolhendo alimentos para emagrecer

Em vez de frituras, as pessoas devem escolher alimentos assados, grelhados ou grelhados. Proteínas magras, incluindo feijão, frango, ovos, peixe e peru são boas alternativas para carnes com alto teor de gordura.

Na hora de escolher alimentos para emagrecer, também é importante estar atento ao tamanho das porções, mesmo para alimentos saudáveis.

As bebidas açucaradas podem fornecer uma quantidade significativa de calorias, mas não resultam na mesma sensação de saciedade que os alimentos sólidos. Escolha bebidas sem calorias em vez de suco e refrigerante, como água ou chá sem açúcar.

Outras dicas úteis para perda de peso

  • O exercício é uma parte fundamental da perda de peso. O American College of Sports Medicine recomenda que os adultos façam 150 minutosde exercícios de intensidade moderada por semana, o que equivale a 30 minutos, 5 dias por semana. As pessoas devem falar com um médico antes de iniciar uma nova rotina de exercícios.
  • Concentre-se em fazer mudanças saudáveis ​​em vez de se concentrar apenas no número da balançMini metas podem parecer menos esmagadoras do que uma grande meta.
  • Evite rotular os alimentos como “bons” e “ruins”. Alimentos proibidos podem levar a desejos e depois culpa quando esses alimentos são ingeridos. Escolha alimentos nutritivos na maioria das vezes e desfrute de guloseimas com moderação.
  • Evite ficar com muita fome. Esperar para comer até morrer de fome pode tornar mais difícil estar atento a escolhas saudáveis.
  • Planejar as refeições com antecedência pode ajudar a garantir que escolhas saudáveis ​​estejam disponíveis, especialmente porque muitas refeições em restaurantes tendem a ser mais ricas em calorias, gordura e sal.
  • Recrute amigos e familiares para ajudar a apoiar metas de saúde e mudanças de comportamento.
  • Consulte um nutricionista registrado que seja especialista em alimentação e nutrição e possa fornecer informações individualizadas para ajudar na perda de peso.
  • Trabalhe para dormir adequadamente e gerenciar os níveis de estresse, além de escolher alimentos saudáveis ​​e permanecer ativo, pois o sono e o estresse afetam a saú

COMO EVITAR QUE VOCÊ SE SINTA MAL?

Mesmo apesar de todos os seus benefícios, muitas pessoas ficam inchadas após comê-los. Se você é um daqueles que não os tolera muito bem, eles causam desconforto intestinal, inchaço e gases;

 Você tem que saber que, normalmente, é devido aos chamados antinutrientes, substâncias que as plantas desenvolvem naturalmente para sobreviver. Então o que precisamos fazer é reduzir esses antinutrientes, não as leguminosas, como fazemos?

  1. De preferência, use leguminosas secas e deixe-as de molho por cerca de 20 horas antes de cozinhar. Com isso, inicia-se o processo de germinação da leguminosa e os antinutrientesAssim, melhora sua digestão, você aproveita melhor suas propriedades e reduz a formação de gases.
  2. Adicione meia colher de chá de bicarbonato de sódio à água de imersão.
  3. Jogue fora esta água, lave bem os legumes e cozinhe-os em outro forno em fogo baixo, acrescentando um pouco de kombu(alga japonesa comestível), funcho ou cominho. E aproveite, faça uma grande quantidade e congele o que sobrar.
  4. Você também pode tentar com leguminosasjá germinadas.
  5. Comece consumindo uma quantidade muito pequena e, se perceber que tolera bem, vá aumentando aos poucos.
  6. Se usar leguminosas já cozidas (aquelas que vêm enlatadas), descarte a água e lave-as com água fria, sob a torneira até parar de fazer espuma, pois é justamente essa espuma, um daqueles antinutrientesque não queremos, o tão -chamado saponina.

Leave a Response